Não tenha medo de mudar

 
Outro dia, estava lendo um livro de autoajuda, e não tenho problemas ao dizer isso. Ninguém tem uma vida perfeita, todos nós temos nossas angústias e feridas e alguma forma, precisamos de ajuda. Aceitar isso só faz bem a nós mesmos!
 
Enfim, enquanto lia esse livro eu percebi uma coisa: que mudar quem você é não pode ser considerado uma coisa ruim, se em seu interior, no seu mais profundo eu, você souber que suas atitudes não te satisfazem e não fazem bem para outras pessoas que você ama.

Eu sei que mudar a nossa natureza não é fácil,mas não é impossível! Se você quer ser alguém melhor, mais amável ou até mesmo mais firme em suas decisões, deseje e faça por onde. A mudança bem-feita acontece com vontade e muita força e não só tem o poder de curar a nós mesmos, ela também cura as pessoas ao nosso redor, aquelas que estão sempre ao nosso lado e querem nosso bem. De acordo com a sua mudança e como você passa a agir depois dela, as pessoas respondem a isso na mesma proporção.
 
Veja bem: se você magoa uma pessoa por ser impulsivo e por agir apenas durante a emoção, essa pessoa tende a te repelir, a se afastar de você, mas a partir do momento em que você começa a pensar em como agir, não digo para que você pareça um robô, mas para que pense nas consequências da sua atitude, você automaticamente age com consciência, e a probabilidade de alguém se voltar contra você pelo que você disse com responsabilidade é bem menor do que aquelas atitudes e palavras em que você despeja nas pessoas e vai embora sem pensar em mais nada.
 
Não estou dizendo isso apenas porque li e porque achei bonito o que li, mas sim por experiência, porque essa percepção tem transformado a minha vida. Não que eu aja pensando no que eu falo 24 horas por dia, mas eu sempre procuro fazer o meu melhor para agir com responsabilidade e para ter o resultado bom para ambas as partes (resultado bom para ambas as partes ficou bem advogada hahaha’)! Isso melhora os campos de todos os relacionamentos interpessoais, e pra mim, que vivia diante de tantos conflitos, isso se torna reconfortante!
 
Seja a mudança e a pessoa que você quer e merece ser. Não tenha medo do que os outros vão julgar. Eu não acredito em mudanças que são feitas para agradar a terceiros (outro termo do direito), mas também não sou a favor de que você não seja o seu melhor por medo do que as pessoas possam pensar.

Comments

comments

Previous Post Next Post

You Might Also Like

No Comments