Eu me lembro de tudo muito bem…

 

Te vejo no meu quarto, deitado na minha cama, me abraçando. Eu tão pequena e tímida em seus braços e você perguntando sobre mim. Sobre o passado, as pessoas, os momentos, os por quês e sobre o futuro…
Mas eu não quero responder… Não quero voltar ao passado e o futuro ainda está um pouco longe, distante de mim, tudo em que posso me concentrar é no agora, é nesse seu abraço, nesse seu carinho, no amor com o qual você me olha. 
 
Mas você quer mais, e talvez, mais que um momento eu não seja capaz de entregar. Não me entenda mal, não é que não queira, mas é que as possibilidades não estão ao nosso favor, e eu já fiz mais por você com meu coração quebrado do que já fiz com ele inteiro.
 
Então você logo tem que ir, porque não queremos que as pessoas saibam o que temos. Te deixo no portão e então você entra no carro e vai embora. Corro para o meu quarto para sentir seu cheiro nos meus lençóis, nos travesseiros e em minha pele. Choro em silêncio, porque com você longe de mim, é difícil ser racional. Nesse momento, o banho me parece extremamente doloroso, porque não quero deixar você escorrer por água abaixo.
 
Não sei o que fazer. Não sei o que fazer com esse sentimento que me consome dia após dia desde que você entrou na minha vida. Um sentimento tão doce e tão fugaz, que me tomou por inteiro. Mas você não pode saber disso, porque você nem está realmente aqui. você fica por um minuto e logo tem que partir, enquanto eu estou fadada a este lugar pelos próximos anos. Esta é minha realidade. 
 
Como pude deixá-lo entrar tão profundamente nas escamas da minha pele, quando desde o começo eu já sabia que não seria, que não poderia ser. Que por mais que quiséssemos, a distância, o trabalho, os estudos, a família – os motivos são realmente inúmeros – nos impediriam.
 
E eu sempre tentei ser forte na sua frente, assumir uma posição independente, e acredito ter conseguido muitas, se não todas as vezes, mas sempre que você sai, eu me afundo em você e me perco completamente. Me deixo ser sua, o que é muito injusto com nós dois…
 
O tempo passa e eu só consigo ter aquela imagem do que parece um sonho na minha vida, mas tem aquela foto, aquela do carro, que me prova não ser uma ilusão, uma invenção de uma mulher apaixonada e sonhadora. Ambos estamos seguindo nossas vidas agora, mas nunca deixei de pensar em você. Até tentei, inúmeras vezes, por sinal, mas sempre que você me dá um ‘oi’ eu me derreto toda, e tudo que eu quero é voltar para aquele dia, para os seus braços, para o seu perfume que eu me lembro tão bem, assim como cada detalhe do seu corpo, dos nossos corpos juntos. Mas a vida segue, e seguimos rumos opostos. Só posso desejar que você seja feliz, porque é apenas isso que o meu amor é capaz de pensar por você, em sua felicidade, meu doce sonho…

Comments

comments

Previous Post Next Post

You Might Also Like

No Comments