Contos e Crônicas

Ela é desequilibrada

Desequilibrada! 

Uma essência fervente .
 
Pediam para ela tomar chá, suco de maracujá, pedir paz à iemanjá, qualquer coisa que pudera fazer ela se acalmar.
Ela é verdadeira. 
 
Desde pequena andava sobre o meio fio da calçada e sempre caia. 
E adiantava? 
Avisar a ela é o mesmo que falar com as paredes.
 
O destino já tentava avisar: 
Nem tenta, você é D E S E Q U I L I B R A D A. 
Dá as costas a qualquer um que tente puxar ela para baixo.
 
– Quer saber? Vou viver só – disse ela.
 
Ninguém puxa, ninguém compete.
Tentou relacionamentos, mas acabou com seu ciúme exagerado, com suas brigas com motivos intermináveis.
A cada dia eu percebia, essa garota não é qualquer uma. 
 
– Só eu que me entendo, só eu para bater de frente comigo mesma, só eu que mereço me pertencer.
 
E não é que ela soube viver bem?
 
Ela não é daquelas que passa na tua rua sem chamar atenção. 
Mas a verdade ela sabe: 
Ninguém conseguiu arranjar alguém como ela.
 
Ela não é daquelas que dão um sorriso, mesmo estando triste.
Ela desaba, ela demonstra, ela sente.
Ela vive intensamente, mas prefere ficar só .
 
Há quem a julgue e diga que ela não conseguiu arranjar ninguém. 
Personalidade única é fiel a si mesma.
Era ela: forte, verdadeira e claro, desequilibrada.
 
Por: Giovana

Comments

comments

You Might Also Like

No Comments

Comente