Superação

O fim pode nos trazer um novo começo

bia

ILUSTRAÇÃO DA BIA DA PÁGINA INSTAGRAM E BLOG SOBRE TUDO QUE PASSA

Ela foi usada, teve seu coração partido inúmeras vezes.
Ninguém que passou por ela, ficou.
Todos achavam que sua vida era uma grande passarela e desfilavam, saíam pisando na sua mente, em seu coração, brincando com seus sentimentos, rodopiando e sorrindo, como em um grande desfile da Victoria’s Secret.

Ela chorou, desacreditou do amor e das pessoas. Pensou que o problema fosse com ela e se questionou diversas vezes sobre o rumo que sua vida estava tomando. Seus sonhos se tornaram cinzentos, isso quando eles apareciam. Ela acreditava ter dado o melhor de si e, mesmo assim, as coisas não davam certo. Tudo continuava acabando e a destruindo no processo.
Eles haviam roubado o melhor dela e não deixaram nenhum bilhete na porta, nem um “muito obrigada, otária!”. E era isso que mais machucava.
Havia perdido a fé.

Enquanto passava por um longo dia de pijama no quarto, intercalando séries com MTV, apareceu a Kelly Clarkson com uma música que disse, diretamente, para ela “o que não te mata, te deixa mais forte”.
Ela começou a pensar que não estava morta, apesar de se rastejar pelos cantos da casa, então se deu conta de que aquilo talvez pudesse ser verdade, mas é que parecia tão difícil ficar forte diante de tantas decepções…

Costumo acreditar que sempre tem uma chave que gira em nossa mente e nos mostra uma direção, a escolha certa.
Aquela música foi a chave para ela.
Desligou a TV, tirou o pijama e foi para debaixo do chuveiro.
Ela não estava morta, poderia ser a mais forte e isso só dependia dela.

Voltou a planejar, sonhar sonhos cada vez mais coloridos. Conheceu lugares sozinha, se aproveitou da sua própria companhia e aí começou a encontrar as pessoas certas. Não atendia mais as ligações daqueles que só queriam um passeio por sua vida. E mesmo assim, mesmo tendo deixado para trás aqueles que a haviam feito mal na sua vida, eles tentavam voltar e machucá-la. Mas ela estava tão acima de todas essas coisas pequenas que a assombraram no passado, que nada a atingia.
Hoje ela sabia quem era.
E quem eram aqueles que estavam com ela.

Ela refez sua vida, curou sua mente, criou novos objetivos.
Se reinventou no meio de tanta bagunça, mesmo acreditando que isso nunca seria possível.
Ela aprendeu que o que destrói, pode ser o impulso para te fazer reconstruir tudo do zero e que o fim pode trazer um novo começo.
Com todos nós, as coisas acontecem, as pessoas vem e vão, os sentimentos mudam, mas as marcas de quem fomos e onde chegamos ficam para sempre, constroem feridas que se curam, mas as cicatrizes, essas sempre permanecem para nos lembrar de quem fomos e quem conseguimos nos tornar.
Ahhh, eu adoro essa capacidade que a gente tem de se refazer mesmo quando nossa vida está completamente do avesso.


Agradecimento especial a parceira Bia da página, blog e instagram SOBRE TUDO QUE PASSA pela ilustração. Não deixem de visitar as redes sociais dela. Os desenhos são um colírio para os olhos de tão lindos. Compartilhem as imagens e não deixe de fazer sua encomenda com AQUELA frase especial, pra dar de presente ou pro seu blog/página.

Comments

comments

You Might Also Like

No Comments

Comente