Sei que nada é por acaso…

large-32

A vida nos surpreendeu, nos jogou um para cada lado, assim, como se um temporal tivesse passado por nós dois e nos deixados arrasados. Pode ser que você, mais rápido do que eu, já tenha se dado conta do que foi destruído e reconstruído novamente. Eu, por outro lado, ainda analiso cada pedacinho quebrado, porque eu tenho mania, mania de crer que nada é por acaso.

Se hoje me encontro em meio a este estrago, é por que é necessário que eu esteja, eu preciso aprender o que a vida quer me mostrar com tudo isso. Agora não é hora de reclamar, é hora de agradecer o crescimento que irei adquirir.

Sei que se nos conhecemos, nos desentendemos, nos magoamos, testamos sem se dar conta o limite um do outro, é porque algo virá como resultado.
Se veremos isso juntos?
Não sei, porque, por enquanto, só preciso sentir meus pés no chão, sem pensar se podemos voltar em um futuro próximo ou distante, e olha, isso é ótimo, se soubéssemos de tudo o que estar por vir, nossos dias, objetivos, aprendizados e sonhos, não teriam graça.

 Às vezes, leva tempo para os propósitos chegarem diante de meus olhos, às vezes não, pois também acredito que eles aparecem somente depois que aprendo o dever, então, enquanto eu não mudar o que devo mudar, não os verei.

Tudo deve acontecer da maneira que realmente acontece, e não cabe a mim interferir.
Pode doer hoje, mas depois da escuridão, a luz vem e eu estou aqui, esperando, certa de que ela virá para iluminar.

Quanto a você, aprenda o que puder, menino.
Se for para você voltar, volte, mas por favor, já volte com os propósitos prontos, para recomeçarmos compartilhando os conhecimentos.
Se você não voltar, ótimo, ambos já estaremos prontos para sermos mais felizes com outras pessoas.

Comments

comments

Previous Post Next Post

You Might Also Like

No Comments