Ansiedade

“Esse poema foi escrito durante uma das minhas crises de ansiedade.
Foi libertador.”

71041f9af5b85f6f3a50d0b1dd7432ca

Eu só queria encontrar
Uma forma de respirar
Sem que me faltasse o ar

Só queria respirar
Respirar tranquila
Sem me preocupar

Por que é tão difícil
se controlar?
O dia está tão bonito
Por que eu tenho que
me descabelar?

Aliás, os dias andam cada vez
mais ensolarados
Pena que só enxergo as sombras ao meu lado

Tudo parece estar tão cheio de vida
E eu me sentindo sempre vazia

Eu vivo em um ciclo constante
A saída parece distante
Respirar fundo é minha única chance

Por: 13442231_1186114994734883_1871606640951189174_n

Bruna Menezes (instagram, twitter) tenho 21 anos e sofro com crises de ansiedade há pouco mais de um ano. Fiz durante quase 2 anos terapia e descobri por meio dela o quanto a escrita é importante, especialmente no momento da crise. É como se você pudesse exteriorizar toda aquela angústia e organizá-la em palavras. Acalma e é libertador. Não é fácil lidar com a ansiedade, não tem um segredo, mas quando estiver nessa confusão, foque em algo.
Respire fundo e escreva.


Este texto foi um achado em um dos muitos grupos de leitura e poesia que eu participo, o P O E T A s t r o, e expressa o que eu nunca consegui dizer sobre a ansiedade. A Bruna, gentilmente, aceitou ter seu texto, tão particular, publicado aqui no site, para que alcance tantas pessoas quanto possível, para que se identifiquem e saibam que não estão sozinhas.

Comments

comments

Previous Post Next Post

You Might Also Like

1 Comment

  • Reply Mulheres Curadas 2 de outubro de 2016 at 20:36

    Esse texto é fantástico.. realmente me identifiquei. Já sofri com crises de ansiedade e de vez em quando ela teima em aparecer…