Pensamentos

Cartas não entregues: Quatro amigas e dois sonhos

Ao escrever esse texto/carta, posso estar sendo extremamente invasiva e expondo vocês mais do que vocês gostariam, mas, sinto muito, precisava escrever.

tumblr_static_1794669_248059072038705_1775611326_n

Eu me lembro de nós quatro juntas.
Quatro amigas e dois sonhos (à época): fazer direito e sermos amigas para sempre.

Vocês são a memória mais bonita e primitiva do que é uma verdadeira amizade. Nos conhecemos aos 11 anos, nos separaram aos 12, mas nos reencontramos e fizemos uma viagem inesquecível juntas – a primeira das viagens sozinhas ao longo da minha vida – e voltamos a ser o quarteto inseparável aos 13 anos.

Aprendi que amigas brigam,
Que algumas ficam mais próxima de outra por determinada circunstância,
Aprendi que não precisa ser igual pra ser amigo,
Que escrever cartas pra esses amigos, é a coisa mais linda do mundo,
E que pra ser amigo, só é preciso querer.

De lá para cá, as coisas começaram a mudar.
Duas foram embora, o ensino fundamental terminou,
Duas que ficaram foram para escolas diferentes,
A vida tomou seu rumo e nos desencontramos.

Mas nos encontramos.
Eu assisti a vida de vocês pelas redes sociais.
Vi passarmos na OAB,
Vi seguir o sonho de ser cantora,
Vi os pedidos de casamento,
A barriga de grávida e tudo o que aconteceu.

Nós crescemos.
Não somos mais as mesmas garotas que juraram serem amigas para sempre, mas vi que, de alguma forma, todas nós seguimos nossos sonhos, crescemos em nossas vidas, fomos surpreendidas de várias maneiras por Deus e o destino.

Tenho fé que ainda estaremos juntas de novo (ou talvez só eu seja a ovelha desgarrada e me junte a vocês), que presenciaremos casamentos e nascimentos,
Que consigamos, de alguma forma, suprir a falta que fizemos na vida umas das outras em determinados momentos,
Que possamos compartilhar novos segredos e coisas incríveis nessa vida.

Peço desculpas pela minha ausência e digo a vocês, sinceramente, que senti imensa falta de cada uma das três,
Do quarteto, como um todo,
Da sabedoria em separado,
Dos conselhos em conjunto.

A vocês, minhas primeiras grandes amigas:
Anna,
Carol,
Mari,

Saudades, felicidades, amor e sonhos.

PS: jamais esquecerei APS.

Att,

Grazielle,

07 de novembro de 2015.

Comments

comments

You Might Also Like

No Comments

Comente