Cropped só pra barriga negativa?

“Eu te entendo bem! E te quero bem. Tem quem fuja de si, sem perceber.”

cropped

Finalmente dias bonitos e ensolarados na minha cidade, não sei o que transcorre comigo em dias ensolarados, há uma necessidade de sair e fazer o dia valer a pena. Colocar a cara no sol e absorver vitamina D, esse clima deixa meu estado de espírito mais leve. Nesses últimos dias tive uma alimentação regrada, bebi os tais dois litros de água e resolvi caminhar. Caminhar pelo fato do sol ser convidativo e para desfilar uma barriga negativa em um cropped por aí. Eis que percebo o quão patético essa minha convicção soava.

Eu não preciso ostentar uma barriga negativa, digna da Pugliesi para usar um cropped. Eu só preciso ter um cropped e vontade de usar. Muito mais que um corpo das blogueiras fitness, o que eu desejo para mim ou vocês que estão lendo esses meus devaneios, é aceitar seu corpo. Aceitar, amar, respeitar e agradecer. Percebi o quão rude fui com meu corpo ao longo dos anos. Ter uma alimentação regrada, praticar exercícios físicos é uma questão de ser saudável, não uma necessidade de ter um determinado corpo, para usar uma determinada peça.

Eu já tive umas 3 dezenas de quilos a mais, entretanto sempre fui adepta dos croppeds, com saias longas ou calças de cintura alta. Hoje me vi rejeitando meu corpo mesmo sem os tais quilos a mais, pelo fato de ele não ser igual a alguém que eu admiro. As pessoas possuem  histórias de vida e biotipos diferentes, nada mais que esperado possuirmos corpos díspares. Rejeitem a ideia de corpo perfeito e padronizado, mas não rejeitem o cropped, pelo menos não antes de provar alguns.

Uma peça versátil, tanto para corpos, gêneros e estilos, quanto para ambientes. Abusando do significado da palavra “cropped”, originária do inglês; corte seus paradigmas, ou medos, e ousem.

Desde Babalú em 4×4, acho essas “brusinhas” mostrando pequenos pedaços de pele algo tão sexy e delicado ao mesmo tempo. Ele aparece por aí desde 2013 e para esta estação aderiu às tendências. Tecidos leves, ombros à mostra, tons pastel, brincando entre estilos. Não posso deixar de citar as t-shirt cropped,  podendo ser um peça ao melhor estilo “faça você mesmo”, tornando algo velho em novo novamente, perdoem-me a redundância, mas acredito que moda é isso também, reaproveitar peças e incorporar tendências ao nosso estilo.

Homens, mulheres, barrigas negativas, barrigas salientes; escolham seu cropped e coloquem essa barriga pra jogo e a cara no sol.

page

Comments

comments

Previous Post Next Post

You Might Also Like

No Comments