Tarô social

 “Sacrificamos as verdades, em rituais de compartilhamentos satânicos, para trazer de volta a notícia amada.”
Árvore de Pássaros
Ele deve estar com problemas intestinais.

Esse foi o primeiro pensamento que me veio à cabeça quando eu percebi, que entre um bater de assas e outro, um passarinho havia me presenteado com uma pintura na janela do meu carro. Parece meio barroco.

Passarinho? Pensando bem, diante daquela prova irrefutável, eu poderia cogitar a hipótese de que de repente avestruzes começaram a voar. É uma coisa engraçada,  existe um espaço sagrado, de poucos metros, que é bombardeado todos os dias pelas aves na rua onde eu trabalho. É algo comparável ao bombardeio alemão sobre Londres na Segunda Guerra Mundial. Chamo de Blitz dos assobiadores. Eu errei o cálculo hoje na hora de estacionar e tive minha punição.

Pelo menos as aves tem um padrão de comportamento a partir do qual você pode fazer as deduções necessárias para escapar de seus ataques. O mesmo não acontece com algumas verdades da ciência, principalmente aquelas divulgada nas rede sociais.

Tudo bem, o mundo já se decidiu: a terra gira ao redor do sol, radiação faz mal pra saúde e fast food engorda. Mas os seres humanos não parecem ter um consenso quando o assunto é “acordar cedo”, “arrumar a cama” ou “beber cerveja”. Um dia faz bem, outro faz mal, depende do interesse da pessoa que compartilha. Ou talvez seja um plano maquiavélico, uma mega estratégia de marketing para elevar ou baixar os preços das commodities. Sei lá.

Se você for levar toda notícia a sério, como um lunático, em um dia estará comprando comida importada do Himalaia e no outro jogando-a no lixo. É um negócio levado ao extremo. A leitura das redes sociais é um jogo arriscado. Toda semana a Nasa faz descobertas espirituais que deixam boquiabertos os cientistas. Você chega a conclusão que a agência espacial americana tem uns departamentos bem obscuros.

Uma vez por dia, são publicadas 10 coisas que você tem que fazer antes de dormir. Vamos lá, eu até anotaria pra tentar, se na semana seguinte não fossem publicadas outras 20 coisas falando exatamente o contrário. Você sabe, faz bem dormir até tarde. Bom, é isso que falam os posts do Facebook de hoje. É a leitura mística que você faz diariamente, quase como jogar tarô. Opa! Tirei a carta do problema de saúde! Café é vilão das doenças musculares aponta estudo. Evoluímos da leitura das linhas da mão para a interpretação espiritual da timeline.

Sério, a gente tem que parar de compactuar com essas coisas, com essa espécie de pentagrama social, rodeado de velas que chamam os demônios da paranoia. Sacrificamos as verdades, em rituais de compartilhamentos satânicos, para trazer de volta a notícia amada.

Eu não aguento mais.

Comments

comments

Previous Post Next Post

You Might Also Like

No Comments