Sobre ser fiel a si mesmo

” Não se atormente. Não se julgue. Não se culpe.”

fc54baf0aa1295fc2814aa290666152c

Você faz escolhas que não são suas escolhas. Você finge que não vê, que não percebe. Finge ser livre das amarras invisíveis que te prendem. Mas você sabe. No fundo sabe. É daí que vem sua angústia, sua agonia. Não ser o que realmente se quer é claustrofóbico. Estar em uma prisão de ideologias e dogmas, reconhecer-se nela, e não poder escapar. Eu te entendo. Já estive no seu lugar. Você deve estar se sentindo fraca tentando se provar forte. Você se engana e, como um anjo caído, tenta esquecer. Mas dói lá no fundo. E você se sabe envergonhada diante de si mesma por não ser forte e independente e livre como se queria. Você não está sendo fiel com você mesma, isso mata a gente aos poucos…

Mas tudo bem. Você é jovem. Os cabelos brancos mal aparecem e os estudos se agarram no seu pé. As cobranças ainda são pequenas (acredita nisso?). Você aprenderá a ser forte e independente. Caso contrário, estará em um processo de decomposição, um suicídio lento… Parece aterrorizante. Mas você sabe que é verdade. Que tenho razão. Tudo se ajeita da melhor forma, mas é preciso que façamos também nossa parte para que nos seja dada nossa parte de confiança no mundo. Precisamos conquistar nossa credibilidade perante nós mesmos. Somos nossos piores inimigos. E fracos. Mas amadurecemos. Precisamos. Você também vai. É tão jovem e a vida é tão complexa. Ela te ensinará as coisas que precisa aprender.

Enquanto isso, não se atormente. Não se julgue. Não se culpe. Não se angustie ou se torture pensando no que poderia ter pensado ou dito para ter colocado mais de você nos seus atos. Foi. “Sempre em frente, foi o conselho que ela me deu”. Se perdoe. Mas prometa fazer seu melhor para ser fiel a ti mesma. Seja compromissada com sua verdade interior, com aquilo que acredita. Não importa quem duvide, quem te oprima ou quem te desacredite. Não importa se Deus ou o Diabo estão contra você. Acredite na sua essência. Sinta quem você é. Tenha mais amor por quem você é. E se permita ser, para que os outros te respeitem como tal.

Comments

comments

Previous Post Next Post

You Might Also Like

No Comments