Será que me conheço?

Reprodução Pinterest - rir100dentes.tumblr.com

Reprodução Pinterest -rir100dentes.tumblr.com

Eis um tema pouco abordado e até mesmo ignorado. Será que me conheço? Muitos devem pensar: Nossa que pergunta boba! Lógico que sei quem eu sou! Mas vale lembrar que muitos de nós passamos anos da nossa vida sem nos conhecer. Moramos nesse corpo, sabemos a cor dos nossos olhos, cabelos, a cor da pele…mas…. Sabemos realmente o que somos? Nossos gostos, jeitos, manias, o que suportamos e o que não suportamos?

Esse tema deveria ser matéria de escola, pois é muito importante na vida de uma pessoa. Eu comecei a descobrir quem eu era depois dos 30 anos. Antes disso eu achava que sabia e ainda busco descobrir muito mais.

Se auto descobrir ajudaria muito em vários dilemas como, por exemplo, o que me deixa muito triste. Sabendo disso evitaria várias situações de frustração, medos, relacionamentos malsucedidos, empregos ruins e outros mais.

No meu caso comecei fazendo um mapa astral com um respeitado estudioso de história, filosofia, ciências ocultas e espiritualidade Aylton do Amaral. Porém se você não gostar dessa abordagem recomendo procurar um terapeuta ou caso mesmo assim não tenha condições financeiras. Que tal tentar responder a essas perguntinhas básicas? Elas vão despertar uma vontade de ir além e saber mais sobre você. Daí você estará mais confortável a procurar locais sérios que possam ajudar nessa busca.

  • Como eu acho que sou. Sou calmo, agitado, tímido, nervoso?

Nesta primeira pergunta você irá identificar o que usualmente você é. Se gosta de falar perto de muitas pessoas, se é mais discreto ou se quando ver pessoas quer sumir. Porém, mesmo os muito falantes podem ser calmos e os tímidos podem ser muito nervosos. Então identifique seus extremos também. Por exemplo: Eu sou tímida e calma, mas se acertam em cheio no meu ponto fraco sou bastante agressiva e até mesmo cruel.

 

  • Identifique 3 coisas que realmente te fazem surtar ou ficar muito irritado.

 

Neste caso será as coisas mais gritantes que te deixam nervoso, agoniado. Por exemplo: Muito barulho, alguém grite com você, alguém te ignore e etc.

 

  • Você prefere estar sempre rodeado de pessoas ou gosta mais de ficar só. Ou as duas coisas dependendo do tempo.

 

Aqui você irá ver se é uma pessoa que adora sair acompanhado e estar sempre com alguém por perto ou se gosta de ficar sozinho muito tempo ou se anda confortavelmente pelos dois extremos quando necessita.

 

  • Você gosta de você?

 

Aqui você irá definir se vendo tudo isso você se gosta, se aceita seus extremos e sabe quando eles te ajudam ou prejudicam.

 

Respondendo essas perguntas você já está caminhando para sua autodescoberta. O interessante nas respostas é perceber seus extremos e saber que é bom sempre balancear tudo. Se eu sou muito tímido é interessante tentar entrosar com as outras pessoas. Se eu gosto muito de andar sempre com alguém do lado, tento sair sozinho e aproveitar minha companhia sem que isso seja algo devastador como que eu não tivesse capacidade de ter amigos.

Aconselho fazer isso. Eu fiz e isso me ajuda bastante a lidar com meus dilemas internos para eu ser uma pessoa melhor para mim e para os outros. Uma dica é esse site sobre teste de personalidade: https://www.16personalities.com/br/teste-de-personalidade

Boa descoberta! 😉

 

Comments

comments

Previous Post Next Post

You Might Also Like

No Comments