Livros/Frases

RESENHA: Capuleto

Livro: Capuleto
Autora: Bella Borges
Editora: Editora Kazuá
Páginas: 180
Ano: 2014

O livro Capuleto é um romance empenhado no propósito de tocar a alma daqueles que se dispuserem a empreender leitura desta singela história de amor. Mesmo sendo ambientada numa época antiga, sua comunicabilidade se mantém atual. Entre a impossibilidade do amor na mediação de tal sentimento pelas convenções e obrigações, tendo como principal inspiração Romeu e Julieta de Shakespeare, Capuleto é protagonizado por dois jovens inseridos em realidades dispares. Julieta Capuleto é uma bailarina talentosa dotada de admirável beleza e William é um jovem desengonçado e pobre, porém de um coração rico e abundante, e neste cenário calcado pela fantasia numa galeria de sentimentos nobres e enaltecedores, a romancista arremata assim sua trama que, galgando para além das descrições e diálogos comuns à prosa, nos expõem um lirismo apenas possível num mundo envolto em sonhos.

Gosto de livros leves, delicados e que falem de amor. Sou mesmo romântica e num mundo cada vez mais turbulento é sempre bom ler algo que nos faça sonhar e esquecer ainda que por alguns momentos um contexto social de crise e um noticiário violento. Isso aconteceu lendo o primeiro livro da Bella Borges, uma jovem escritora, hoje com 22 anos, mas que escreveu o romance aos 15 anos. Capuleto, editado pela Kazuá e publicado em 2015, é uma fanfic inspirada em Romeu e Julieta, de William Shakespeare.

A obra pode ser lida por adolescentes de todas as idades e adultos que queiram adoçar a vida. A personagem principal é Julieta Capuleto, uma bailarina que se apresenta no circo da família e faz sucesso em turnês na Europa, atraindo uma legião de admiradores, entre eles, o fotógrafo William. Certo dia, o rapaz é enviado para fotografar a apresentação e logo se apaixona pela beldade. O que se lê em seguida é uma história de amor, que atravessa o tempo e resiste.

Tarde demais a conheci, cedo demais a amei.

Apesar dos esforços contrários, Julieta está num noivado arranjado e William é enviado como soldado à guerra, a força do amor entre os dois pulsa mais forte. Nem mesmo a falta de apoio de seu pai a impedirá de buscar estar cada vez mais próxima daquele que acredita ser o amor de sua vida. A busca de Julieta pelo amor de William acontece em paralelo a sua busca por sua própria identidade e ao seu fortalecimento enquanto pessoa, mulher. Julieta quer descobrir o amor, a vida e a si mesma.

William é sua fortaleza e a faz ir além. Will a faz acreditar em si mesma e em seu potencial. O livro de Bella é enriquecido com passagens escritas por Shakespeare. Algumas célebres como “ser ou não ser, eis a questão”. É assim uma bela forma também de se reviver o clássico ou mesmo interagir pela primeira vez com as citações de Shakespeare e se apaixonar.

Além do amor romântico entre um homem e uma mulher, o livro retrata o poder de uma amizade. Algo mágico, um amor sem cobranças em que o companheirismo é o mais importante e edificante.

Capuleto foi escrito por uma jovem, aos 15 anos, e que, portanto, ainda tem uma longa trajetória e deve amadurecer em sua escrita. Aliás, a moça está lançando o seu segundo livro: Acredite em Mim. Espero poder ler em breve e acompanhar o seu crescimento como escritora.

Editora Kazua

Comments

comments

You Might Also Like

No Comments

Comente