Pensamentos Relacionamento

Obrigada por estar sempre aqui!

Algumas pessoas entram em nossas vidas por um período que pode ser considerado longo, que costuma durar alguns anos – durante o período de faculdade ou até mesmo de um emprego e por um bom tempo, a gente mantém contato, conversa, se encontra de vez em quando para bater papo e matar as saudades. Mas o tempo se encarrega de colocar empecilhos a cada novo encontro e o distanciamento vai chegando aos poucos, até que a gente só se recorda uns dos outros, quando vê alguma foto nas redes sociais e o máximo de contato que conseguimos manter é uma troca de likes.

Outras pessoas, aparecem por períodos mais curtos, durante um curso de fim de semana ou uma viagem em grupo para aquele lugar badalado e que inspira a aproximação rápida entre desconhecidos. Alguém descobre o perfil de alguém e segue-se por alguns dias ou semanas um verdadeiro aumento na atividade da vida virtual, com marcações em fotos, brincadeiras, risos e uma camaradagem que nos arranca um sorriso espontâneo em qualquer hora e lugar. Mas, caso não surja uma nova viagem para reencontrar a galera, o distanciamento também chega e não demora a surgir um “unfollow” aqui, um “deixar de seguir” ali, até que não reste nada além das fotos salvas no computador, que vocês provavelmente levarão muito tempo até olhar de novo.

Mas existem pessoas que chegam e permanecem, não importa o tempo que passe ou quantos anos vocês fiquem sem se ver pessoalmente. Seja conversando por telefone, mensagem ou e-mail, vocês sempre tem assunto e quando se encontram, parece que apenas um dia se passou e há uma familiaridade no rosto do outro que sempre nos transporta a tempos bons, a nostalgia certamente tomando cada coração.

Não é fácil encontrar alguém que “fica”. A vida, essa linda, que às vezes atua como vilã, nos afasta geograficamente e enche nossos dias de uma rotina que beira o tédio e nos torna apáticos, tentando nos afastar de qualquer instinto de aproximação humana. Mas, com os que “ficam”, esse distanciamento é facilmente vencido por uma mensagem de “Bom Dia” que nos aquece o coração e deixa um leve sorriso nos lábios, sem que a gente perceba até que alguém pergunte o que está acontecendo, mas suprimimos a vontade de responder: “Eu recebi uma mensagem especial” e desconversamos, mas mantemos o coração grato por ter a presença de alguém que tirou alguns segundos do seu dia para nos enviar uma singela parcela de carinho.

Quem tem alguém assim, tem um tesouro nas mãos e deve fazer o possível para preservá-lo. E eu venho tentando fazer isso, durante todos esses anos de amizade incondicional em que não houve um dia sequer em que não tenha me lembrado de ti e que sei que lembrou de mim.

Ainda que se passem mais de vinte anos e a vida nos torne mais cansadas e acomodadas. Ainda que nossas vidas tomem rumos tão diferentes profissionalmente ou emocionalmente. Ainda que a gente observe os cabelos brancos do Jon Bon Jovi aumentarem consideravelmente, enquanto matamos a saudade ouvindo o primeiro cd da banda no Youtube e façamos uma troca de envio de vídeos que não é suportada por nossa franquia de dados, mas que ainda assim só de olhar o nome da música, nos provoque um arrepio pelos braços e um rubor nas bochechas, por nos levar de volta à nossa juventude. Ainda que as pessoas estranhem, por acharmos que somos a alma gêmea uma da outra – e termos cada vez mais certeza disso, afinal há muitas culturas em que se acredita que almas gêmeas não necessariamente surgem de envolvimentos românticos, mas também de laços de afeto e afinidades que se descobrem pela vida.

Ainda que surjam outros “ainda” em nossas vidas, eu sempre serei grata por você estar aqui por mim. E hoje, nesse dia tão lindo por ser o seu dia, eu reforço o que você já sabe: que eu também estou aqui sempre para você e por você.
Feliz aniversário amiga/irmã da vida!!!!

 

Comments

comments

You Might Also Like

No Comments

Comente