Texto do Leitor

TEXTO DO LEITOR: Despedida

Com licença, posso me retirar?

É que, acho que permaneci na sua vida por tempo demais.
Não direi que foi tempo jogado fora, pra mim, foi um tempo bem vivido, mas esse tempo se esgotou.
Hoje, permaneço aqui, por teimosia.

Eu deveria seguir minha vida, como você seguiu a sua, mas eu não conseguiria. Hoje acordei disposto e acreditando mais em mim, então vou aproveitar essa coragem, talvez seja momentânea, então antes que essa coragem acabe eu te direi adeus. Depois de muito sofrer, com a sua ida, eu cansei, então por favor, não me pede pra ficar, porque com essa sua voz  mansa eu não vou resistir, então por favor, me deixe ir.

Quero ser feliz como você aparentemente é sem mim. Sei que amanhã vou me arrepender, sei que vou lembrar de você incontáveis vezes, vou lembrar do seu sorriso, do seu cabelo cheiroso, do seu jeito manso de ser, vou lembrar de todas as vezes que você me fez chorar, mas não se preocupe, você me fez mais rir e disso não vou esquecer. Vou me lembrar de tudo, mas tudo bem, é o preço que se paga por seguir em frente, é o preço que eu nunca pensei pagar, é o preço que se paga quando o amor acaba.

Só me pergunto porque o amor acaba mas o resto todo fica, e todo o resto parece aumentar. É carência em excesso, é saudade grande que de tão grande transborda pelos olhos, parece que a vontade por quem amávamos só aumenta quando o amor acaba. Mas tudo bem, é o preço que se paga. Desde hoje começarei a abrir meus olhos, e vai doer fazer isso, você não vai voltar, abrir os olhos para a realidade é doloroso, mas é necessário, não posso mais me fazer de cego e me acomodar com essa dor. Eu vou aguentar, tenho que aguentar.

Eu ainda vou sentir muita coisa por você, mas não posso mais demonstrar, por que você não vai voltar, e eu não posso ficar mais aqui, esperando por você, hoje eu começarei a abrir meus olhos, e a partir de agora vou tentar olhar pra frente, mas não se preocupe, não te deixarei pra trás, não sou de fazer isso, te deixarei aqui dentro, em um lugarzinho reservado em meu coração, mesmo que não faça o mesmo por mim, eu sou de dar o melhor de mim.

Então é isso, terei que ir, então com licença, me deixe partir. 

Texto do Leitor Wallison Albuquerque

Comments

comments

You Might Also Like

No Comments

Comente