Contos e Crônicas

Eu queria ter coragem para dizer que você ainda me faz falta

Sabe o que é? É que eu fiquei meio covarde depois que você se foi. Comecei a guardar tudo aquilo que eu sentia dentro de uma caixa que se chama saudade. E ao invés de tentar remendar os meus pedaços para tentar ser inteiro novamente, resolvi seguir incompleto, tentando preencher o vazio da sua ausência.

Eu sei que eu já devia ter tirado as suas coisas da cabeceira da minha cama, sei que aquelas fotos que estão na minha parede já não contam a nossa história, sei que as músicas que costumavam ser trilha sonora do nosso amor já não falam mais sobre nós.

Mesmo assim eu as ouço todos os dias. Deixo as suas coisas na cabeceira e, em sonho, vejo você voltando para buscá-las. Olho para nossas fotos e tento revelar o que sobrou de nós.

O nosso passado me deixou covarde. Tenho medo de não ser aquela mesma pessoa com mais ninguém. Tenho medo de não achar alguém que me faça ter vontade de ser aquela pessoa novamente. Tenho medo de saber que amor só acontece uma vez, e que a minha chance terminou cedo demais.

Comments

comments

You Might Also Like

No Comments

Comente