Pensamentos Superação

TEXTO DO LEITOR: Amor proibido

Você entrou na minha vida no momento em que eu precisava de alguém para secar minhas lágrimas e colocar curativos nas profundas feridas.

Você me fez acreditar que ninguém morre de amores, que feridas podem virar cicatrizes quase que imperceptíveis e as dores sentidas podem dar espaço para sentimentos melhores.

Você foi meu amigo, me ouviu e me acolheu, me fez dar risadas nas conversas da madrugada, e eram as melhores horas do dia, aqueles em que você estava presente mesmo que distante. Naquela época será que você sabia a transformação que estava fazendo comigo? Você me resgatou das profundezas de um oceano gelado e escuro, lá não existia vida, não existia cores, eu mal conseguia respirar, mas você mergulhou e me tirou de lá, me trouxe pra cima e me mostrou que no escuro também podemos ver beleza quando paramos para admirar as estrelas e no luar… mas aí, na mesma medida que me transformou em aquarela, você me deixou apenas dois pigmentos para a construção da minhas nova tela, e não doeu a quantidade, mas sim as cores que elas tinam… Se lembra quais cores eram? Não! Você não se lembra que depois de ter me resgatado da escuridão me deixou apenas o preto e o branco para que eu pudesse construir uma nova tela, e por mais que quisesse e tentasse infinitamente trazer cor à aquela obra, ela sempre estava cinza, ou branca, ou preta…

Eu nunca entendi por que aquilo aconteceu, você me resgatou e em pouco tempo me devolveu para as profundezas daquele oceano escuro e gelado, e tudo o que eu voltei à acreditar virou poeira, e eu me perguntei se tinha sumido. E sumiu!!! Você sumiu, sumiu sem dizer adeus, sem me deixar uma carta de despedidas, sem ao menos um telefonema. Eu esperei, olhei a caixinha de correios todos os dias, olhava incansavelmente o celular para ver se tinha um sms seu ou um recado na caixa postal, mas nada! Você me deletou da sua vida e na sequência eu tentei fazer o mesmo, foi difícil, porém a dor passou e um outro alguém procurou ocupar aquele vazio que você deixou. Não te culpo por não ter ficado, não mesmo, eu abri espaço e você era livre para decidir onde pousar.

Quase dois anos depois, você aparece, assim, do nada, como se nada tivesse acontecido, e apesar do bloqueio emocional que você deixou em mim, a você mais uma vez me entreguei, as suas insistências trouxeram a tona aquele desejo guardado, talvez até reprimido. Ainda não era como antes, existia um pequeno abismo, e depois de algum tempo veio a tona tudo aquilo que tentei apagar, contudo, ainda não sofro de amnésia e aquele sentimento levou um sopro, aquela brisa do calor da boca tocou a brasa e ascendeu a chama, e aí… aí depois da chama acesa aconteceu mais uma vez, eu me entreguei a você. Só que ainda não era o final, nos separarmos mais uma vez por quase dois anos, dessa vez foi eu quem sumiu, você até tentou me encontrar, mas eu fugi, e a sua ausência me sufocou, e quando estava a beira do último suspiro eu te procurei, eu precisava de você, como sempre precisei desde o dia em que resolveu aparecer. Para a minha completa tristeza você havia mudado, isso doeu muito, já não era mais o mesmo, as coisas entre a gente já não tinham mais aquela sintonia de antes, talvez o cristal houvesse se quebrado? Talvez sim! Só que dessa vez não pretendia desistir, eu te queria na minha vida e moveria o céu até  inferno para que isso acontecesse, eu teria você de volta, nem que fosse a última coisa a ser realizada na minha vida. O tempo passou e tudo foi se encaixando como peças de lego. Tentei escapar de você mais algumas vezes por medo de me machucar ainda mais, só que dessa vez você não desistiu e eu voltei, voltei e estou e estarei aqui, não sei por quanto tempo, mas estou! Hoje você me corresponde como eu queria desde o inicio, como era para ser desde sempre durante esses longos seis anos que nos conhecemos, e o pior de tudo isso é que não nos conhecemos pessoalmente, todo esse tempo te amando à distância, nos querendo e estando à milhares de Km um do outro é a prova de que nem o tempo e nem a distância apaga sentimentos, e o mais doloroso acima de tudo isso é que não podemos ficar juntos pois este é e sempre será um amor proibido!

Texto da Leitora Katarina Valença

Comments

comments

You Might Also Like

No Comments

Comente