Diário de uma depressiva

Diário de uma depressiva 11: sintomas da depressão

Como prometido no Instagram, esse diário será apenas para falar sobre os sintomas da depressão, de acordo com o DSM V.

Os atuais critérios utilizados para o diagnóstico e classificação dos estados depressivos se encontram no Manual Diagnóstico e Estatístico dos Transtornos Mentais, em sua quinta edição (DSM-V, lançado em maio de 2013).

Cinco ou mais dos sintomas seguintes presentes por pelo menos duas semanas e que representam mudanças no funcionamento prévio do indivíduo; pelo menos um dos sintomas é: 1) humor deprimido ou 2) perda de interesse ou prazer (Nota: não incluir sintoma nitidamente devido a outra condição clínica):

1. Humor deprimido na maioria dos dias, quase todos os dias (p. ex.: sente-se triste, vazio ou sem esperança) por observação subjetiva ou realizada por terceiros (Nota: em crianças e adolescentes pode ser humor irritável);

2. Acentuada diminuição do prazer ou interesse em todas ou quase todas as atividades na maior parte do dia, quase todos os dias (indicado por relato subjetivo ou observação feita por terceiros);

3. Perda ou ganho de peso acentuado sem estar em dieta (p.ex. alteração de mais de 5% do peso corporal em um mês) ou aumento ou diminuição de apetite quase todos os dias (Nota: em crianças, considerar incapacidade de apresentar os ganhos de peso esperado);

4. Insônia ou hipersônia quase todos os dias;

5. Agitação ou retardo psicomotor quase todos os dias (observável por outros, não apenas sensações subjetivas de inquietação ou de estar mais lento);

6. Fadiga e perda de energia quase todos os dias;

7. Sentimento de inutilidade ou culpa excessiva ou inadequada (que pode ser delirante), quase todos os dias (não meramente autorrecriminação ou culpa por estar doente);

8. Capacidade diminuída de pensar ou concentrar-se ou indecisão, quase todos os dias (por relato subjetivo ou observação feita por outros);

9. Pensamentos de morte recorrentes (não apenas medo de morrer), ideação suicida recorrente sem um plano específico, ou tentativa de suicídio ou plano específico de cometer suicídio.

Se você se perguntar qual desses sintomas eu possuo, a resposta é: TODOS ELES!
Se você sentir cinco ou mais desses sintomas, procure um psiquiatra ou um psicólogo. Um deles pode te encaminhar ao outro. Nem todos esses sintomas necessitam do uso de medicamentos, um bom psicólogo já pode te ajudar. O meu caso é da necessidade de medicamentos e, atualmente, faço uso de cinco (dia 09 tenho psiquiatra e isso pode mudar). Faço acompanhamento psicológico e psiquiátrico e já melhorei bastante, mas há muito o que se trabalhar ainda.

Se olhe, se cuide, se ame!

Fonte: http://www.moreirajr.com.br/revistas.asp?fase=r003&id_materia=5879

Comments

comments

You Might Also Like

No Comments

Comente