All Posts By

Textos dos Leitores

Livros/Frases

Resenha – Sangue na Neve

9788581632285-jpg-1000x1353_q85_crop

A policial Tessa Leoni matou seu marido, Brian Darby, em legítima defesa. A arma do crime está à vista de todos e os hematomas no corpo de Tessa confirmam a ocorrência. A policial também não fez questão de fugir, ou de arrumar qualquer justificativa para explicar aquele corpo estendido no chão da cozinha, portanto, aparentemente, o que a investigadora D.D.Warren tem à sua frente é o desfecho de uma briga doméstica. Um caso simples. No entanto, ao abrir o inquérito, D. D. terá uma surpresa: este não é o primeiro homicídio de Tessa Leoni e — afinal — onde está a filhinha de seis anos da policial? Será que a policial Leoni realmente atirou em seu marido para matá-lo? Uma mãe seria capaz de prejudicar intencionalmente sua filha? D. D. Warren, a experiente detetive que acredita que desvendar um caso é como mergulhar na vida do criminoso, enfrentará mais uma investigação que a levará a uma busca frenética por uma criança desaparecida enquanto tenta encaixar as peças de um mistério familiar que a levará a quebrar os muros do corporativismo policial.

Quem você ama? Amei, amei, amei o livro! Amei a capa (simples, mas de acordo); amei o excelente trabalho gráfico da Novo Conceito; amei o livro do começo ao fim e, principalmente, a oportunidade de ler outro maravilhoso livro de Lisa Gardner.

Continue Reading

Não categorizado

Ansiedade

“Esse poema foi escrito durante uma das minhas crises de ansiedade.
Foi libertador.”

71041f9af5b85f6f3a50d0b1dd7432ca

Eu só queria encontrar
Uma forma de respirar
Sem que me faltasse o ar

Só queria respirar
Respirar tranquila
Sem me preocupar

Por que é tão difícil
se controlar?
O dia está tão bonito
Por que eu tenho que
me descabelar?

Aliás, os dias andam cada vez
mais ensolarados
Pena que só enxergo as sombras ao meu lado

Tudo parece estar tão cheio de vida
E eu me sentindo sempre vazia

Eu vivo em um ciclo constante
A saída parece distante
Respirar fundo é minha única chance

Por: 13442231_1186114994734883_1871606640951189174_n

Bruna Menezes (instagram, twitter) tenho 21 anos e sofro com crises de ansiedade há pouco mais de um ano. Fiz durante quase 2 anos terapia e descobri por meio dela o quanto a escrita é importante, especialmente no momento da crise. É como se você pudesse exteriorizar toda aquela angústia e organizá-la em palavras. Acalma e é libertador. Não é fácil lidar com a ansiedade, não tem um segredo, mas quando estiver nessa confusão, foque em algo.
Respire fundo e escreva.


Este texto foi um achado em um dos muitos grupos de leitura e poesia que eu participo, o P O E T A s t r o, e expressa o que eu nunca consegui dizer sobre a ansiedade. A Bruna, gentilmente, aceitou ter seu texto, tão particular, publicado aqui no site, para que alcance tantas pessoas quanto possível, para que se identifiquem e saibam que não estão sozinhas.

Não categorizado

Não deixe que o medo te impeça de viver

Como vocês já dever ter notado, a Bia e eu temos feito uma parceria bem bacana e colorida, que tem dado certo para nós duas, em vários sentidos 🌟🌟🌟
Então, tivemos a ideia e o desafio de, usando a mesma frase que a Bia escolheu (essa da ilustração), escrevermos cada uma seu texto.
O meu vai estar no Blog da Bia e o dela é este aqui.
Leiam ambos e vejam como a mesma frase traz diferentes histórias e impactos nas pessoas.

Boa leitura ❤🎈🌟🎉

bia1

ILUSTRAÇÃO E TEXTO DA BIA DA PÁGINA, INSTAGRAM E BLOG SOBRE TUDO QUE PASSA

Ei!
É, você mesmo.
Você que parou de acreditar no amor só porque um te fez sofrer. Você que perdeu a fé nas pessoas só porque uma te decepcionou.
Você que desanimou de viver, não vê mais graça nas coisas do dia a dia e anda esquecendo quantas coisas boas estão ao seu redor. Continue Reading

Não categorizado

Ele e seu ciclo obscuro

thiago

Ilustração: Thiago Costa

Meses se passaram desde quaNdo você se foi. Você me deixou marcas profundas que não serÃo apagadas tãO facilmente.

Lembro de quando Terminamos pela primeira vEz e eu passei os dois meses seguiNtes imaginando como seria se você voltasse, como seria o nosso reencontro, aTé que você voltou. Arrisco dizEr que o momento foi melhor do que eu Pensava, mas eu deveria ter tomado cuidAdo com o que deSejei…As coiSas forAm se ajeitando depois do Recomeço, eu te amava e bem, você dizia sentir o mesmo e eUacreditava. Continue Reading

Não categorizado

Você tá deixando de fazer falta, rapaz

fa4bd3e7f0208fd15aaddb2f572e77bf

Cheguei a pensar que eu nunca esqueceria aquelas “nossas datas”, claramente eu não esqueci o inicio do namoro, porque você foi meu primeiro namorado, e cheguei a pensar que seria o último. Eu estava enganada sobre tudo.
Acontece, vez ou outra, que sonhamos com algo, e eu sonhei, sonhei alto, a mais de 3000 pés de altura, e eu cai de lá de cima. Você deu pane e me soltou, se é que um dia voou comigo… Mas o interessante, é que hoje eu nem lembro mais quando foi que nos beijamos pela primeira vez, se foi em frente a sua casa, ou na nossa primeira ida ao cinema, não me lembro de quando e qual foi a nossa primeira noite de amor, sei que ela existiu, lembro-me da intensidade, mas assim como as datas estão sumindo, assim como você sumiu da minha vida, sei que as lembranças serão apagadas com o tempo, e você será apenas um nome, uma fase que passou. Continue Reading