All Posts By

Stephanie Almeida

Relacionamento

E se eu me apaixonei por um personagem seu?

Costumava brincar comigo mesma no espelho, sempre após falar com você, que era apenas minha imaginação e meu lado menininha de querer acreditar naqueles amores de arrancar o coração, me deixando levar pelas aparências. É que você tinha um jeito tão doce, delicado, engraçado, educado e que me chamava tanto a atenção. Tinha tanta paciência para tudo, nunca teve pressa das coisas acontecerem entre nós, soube esperar o tempo certo para todas as coisas. Soube lidar com cada sumida que eu dei.

Continue Reading

Desenvolvimento Pessoal

Você precisa sair dessa bolha cor-de-rosa

Ninguém nunca te falou que crescer seria fácil. Porque não é. A vida bate mesmo, sempre, pra te fazer acordar, levantar e lutar por ela. Ela te dá umas rasteiras pra você entender que não vive em uma bolha, e que o mundo lá fora é bem mais difícil do que nas histórias que você ouviu. Só sentindo na pele pra entender como é de verdade, sabe?! E quando você levar a primeira surra, não deite com um pote de sorvete e chore. Não seja imatura e diga para o mundo que ele está te criticando e tentando te fazer ficar para baixo. Somente aqueles que querem seu bem de verdade vão ter a coragem de dizer olhando nos seus olhos: você não vive em uma bolha cor-de-rosa.  Continue Reading

Relacionamento

O seu egoísmo me fez partir

Você adiou o inevitável para mais tarde. Eu te amo demais e por saber disso, jogou uma bomba no meu colo e deu as costas, me fazendo tomar a decisão de jogá-la fora ou acender e ver tudo explodindo nas minhas mãos. Você ficou tão preocupado com o que sente, que esqueceu que não existe só você. Somos nós dois e os dois importam. Mas você é tão egoísta que usou cada pedacinho frágil que existe em mim a seu favor. Me prendeu porque sabia que eu teria medo. Só que esqueceu que existe o tempo certo para todas as coisas – você não era forte o suficiente para criar um nó indestrutível capaz de me manter presa para sempre. Eu tinha medo, sim, eu sei, mas você era fraco. E enxergar sua fraqueza disfarçada de amor fez o meu medo sumir. Me permitiu partir.  Continue Reading

Contos e Crônicas

A culpa não foi minha

Eu fui teimosa por muito tempo até aceitar que você sempre me deixou só. Que sempre saía com seus amigos e me deixava em casa, mas quando era eu quem ia sair, você não gostava. Já contou quantas vezes marcou algo comigo e minutos antes da hora que deveria chegar, ligou para cancelar porque precisava fazer outra coisa? Já se perguntou se é normal sair com os amigos, todos em casais, tendo uma namorada que você preferiu deixar em casa? Continue Reading

Contos e Crônicas Relacionamento

Será que você me merece mesmo?

Eu costumo acreditar no melhor que as pessoas ao meu redor podem me oferecer. Mas me diz, o que exatamente você tem para me dar? 

Eu sou do tipo de mulher que gosta de dar e receber um bom dia, todos os dias. Que gosta de dormir lendo um “fica com Deus, durma bem, até amanhã” – tem alguns ‘eu te amo’ que vem disfarçados com outras palavras. Eu sou do tipo de mulher que vai querer passar um domingo em casa assistindo a um filme com pipoca e coca-cola. Mas relaxe, aos sábados quero sair a noite, comer, beber, rir, seja com você ou com meus amigos. Não sou do tipo que vai te prender, eu adoro saber que posso namorar e ainda assim, viver. Eu sou do tipo de mulher que vai querer estar contigo a todo momento. Gosto de ser companheira, de ajudar a resolver os problemas, de ouvir sobre o dia que foi chato e cansativo pra tentar te ajudar a melhorar.

Mas eu não vou dar sem querer receber em troca.

Não quero morar junto agora, gosto de ter meu espaço e saber que vão haver dias em que eu serei minha única companhia. Não quero pensar em casamento, filhos ou em como vamos estar daqui a 5 anos. Quero viver o aqui, o agora. Quero ter a certeza de que assim como eu, você dará o seu melhor para fazer com que tudo aconteça e dê certo. Eu acredito que para um relacionamento funcionar, só depende das duas pessoas envolvidas. Nós. Quero alguém que fique em qualquer circunstância e que eu possa confiar. Afinal, confiança não é a base de tudo?

Eu sou do tipo de mulher que gosta de se sentir amada por quem está ao meu lado, um relacionamento vai muito além de apenas um rótulo de namorado. E quando entro num relacionamento quero ter a certeza de que não será só mais uma aventura sem importância na minha vida. Não gosto do termo “tentar” prefiro “fazer acontecer”. E sim, tem diferença.

Se não estiver disposto a entrar de cabeça, eu vou entender. Ninguém é obrigado a fingir ser alguém que não é para agradar outra pessoa. Então, por favor, antes de se envolver comigo, pergunte a si mesmo: Depois de descobrir tudo isso sobre mim, será que você me merece mesmo?